15 -18 April 2013: Brazil week / Semana Brasil at Leiden

Come and discover more about the culture, society and history of Brazil, a country of continental proportions, of breathtaking cultural diversity and one of the world’s emerging economic powerhouses.

Leiden academics in Brazilian Studies working within the Latin American Studies Programme have planned a series of free events for the week of 15 April - on literature, film, music, international relations and more. From academic conferences to a have-a-go workshop on Brazilian music and song (no prior knowledge of Portuguese required!) there is something for everyone. Join us for our first Brazil Week/Semana Brasil at Leiden!


MONDAY / SEGUNDA-FEIRA : INTERNATIONAL SYMPOSIUM

Monday 15 April 2013 – 13:30-18:30hs
INTERNATIONAL SYMPOSIUM
JOURNEYS AND (RE)CONNECTIONS IN CONTEMPORARY BRAZILIAN LITERATURE/ VIAGENS E (RE)ENCONTROS NA LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA

Room 2, Academiegebouw, Rapenburg 73, 2311 GJ Leiden.
Language: English and Portuguese
Orgs: Dr Sara Brandellero (Leiden University) and Dr Leonardo Tonus (Université Paris-Sorbonne)

Journey narratives have informed the Brazilian imaginary since the very emergence of the Brazilian nation that resulted from colonization and have been inscribed into the country’s literary imagination henceforth. Whether articulating experiences of discovery, conquest, colonization in the country’s early texts or translating stories of migration, deterritorialization and cultural encounters in our (post)modern world, literary journeys, whether simply thematic or also intertextual and intermedial, reveal much about the shaping of modern Brazil and its place in today’s global village.
This international symposium will have as its focus Brazil’s contemporary literary production, which is today experiencing one its most dynamic moments, with a vibrant and growing publishing market, emergence of a number of national literary festivals, not forgetting Brazil’s role as guest of honour at this year’s Frankfurt Book Fair.
Some of the questions we pose are: How and where do writers and characters travel? What does this tell us of the shaping of Brazilians’ cosmopolitan, national or personal identities? 
Full programme 15 april

Event is free, but we ask that those interested in attending register by emailing lucas@hum.leidenuniv.nl, no later than 10 April 2013.

Abstracts, contributors and chairs

Japanese travels and readings Adriana Lisboa’s Rakushisha
Dr Marcel Vejmelka (Johannes Gutenberg University, Mainz / Germersheim)

In her novel Rakushisha (2007), Adriana Lisboa reflects different dimensions of experiencing alterity. The two Brazilian protagonists travelling to Japan – Haruki in search of his cultural origins, Celina in search of her self – reflect the author’s own stay in Kyoto, which has been necessary, as she claims, to be able to write the book. The two protagonists’ trip to Japan also serves as a guide for the readers in the novel’s discovery and exploration of the works of Japanese poet Matsuo Bashō (1644-1694). Adriana Lisboa mixes Celina’s walks through traditional Kyoto and Haruki’s movements in postmodern Tokyo with readings from Bashō’s Saga Nikki, his diary written during his stay at the “Villa of Fallen Persimmons” (the Rakushisha), near Kyoto, in 1691. The synthesis of travel writings and diaries, the intertextual dialogue between Japanese tradition and Brazilian present, is intensified by the author’s own translation of Bashō’s Saga Nikki, as a part of her novel.

Journeys across Choppy Waters in the Work of Conceição Evaristo
Dr Sara Brandellero (Leiden)

Conceição Evaristo is one of Brazil’s foremost contemporary Afro-Brazilian voices, a writer who has been enjoying increasing public and critical success at home and abroad, with a number of works also having been translated into English. This paper will have as its main focus Evaristo’s poetry collection Poemas da recordação e outros movimentos (2008), in which the experience of diaspora and life on the move feature prominently. With this in mind, I will consider Evaristo’s treatment of the theme of the journey and the literary dialogues she weaves into her expression of mobility, through which her own voice and place as a female, Afro-Brazilian  writer is also ultimately asserted.

The Journey as a Vanishing Point
Maria Angélica Amâncio (PhD UFMG. Researcher at Paris-Diderot - Paris VII. Capes Scholar)

In this paper, I aim to compare the novel Barren Lives (Vidas Secas, 1938), by Graciliano Ramos, and the movie I travel because I have to, I come back because I love you (Viajo porque preciso, volto porque te amo, Brasil, 2009), directed by Marcelo Gomes and Karim Aïnouz. Taking these different contexts, and using theories such as Julia Kristeva’s in Étrangers à nous memes, I will to reflect on the trip, the journey, the displacement, through its perspective of escape, of vanishing, quite before the idea of arriving somewhere else. I also intend to analyse a kind of Brazilian poetic and a narrative voice in the songs that play an important role in the movie under consideration.

Eu e os outros em Mongólia
Camila Gonzatto (PhD – PUCRS- Brazil/ Latin American Institute, Freie Universität Berlin)

O trabalho propõe a análise do tratamento dos "eus" e do "outro" nos personagens do romance Mongólia, de Bernardo Carvalho. Os personagens do romance são construídos a partir do estranhamento entre si e também com a paisagem. Nesse sentido, a Mongólia também é um outro. Os olhares fragmentados sob a paisagem e sobre o que acontece, através do registro em diários, montam um quebra-cabeças de peças que, quando olhadas de perto, não necessariamente se encaixam.


Para viver, é preciso navegar: o mar como metáfora existencial em Mare Nostrum (2004) de Salim Miguel
Dr Georg Wink (Latin American Institute, Freie Universität Berlin)

Salim Miguel, um dos poucos escritores “imigrantes” da literatura brasileira que ainda nasceram no exterior, veio pelo e se criou junto ao mar. Não é de se surpreender que seu último romance, Mare Nostrum, tenha o oceano como protagonista. Mas este mar literário também é, no sentido de Silviano Santiago, um entre-lugar por excelência, onde se (re)encontram não apenas a ilha de Santa Catarina, Bahia, África, Europa e, marcando as origens do autor, o Oriente Médio, mas fragmentos polifônicos interligados por meio de remessas – um personagem, som, uma frase ou imagem. Desta forma, o “romance desmontável”, como informa o subtítulo, decentraliza, num movimento de significantes, o “nosso mar”, como metáfora clássica de domínio, para admitir uma laguna/lacuna existencial, embora navegável pela literatura.

Vozes expatriadas na literatura brasileira contemporânea
Dr José Leonardo Tonus (Maître de Conférences  - Université Paris-Sorbonne)

O presente trabalho tem por objetivo apresentar os resultados parciais de um projeto pesquisa ainda em sua fase inicial acerca da representação da expatriação na literatura brasileira contemporânea. Busca-se aqui contemplar obras ficcionais « brasileiras » cujas vozes (autorais e « atorais »)  se encontram em situação de deslocamento (emigrantes, clandestinos, viajantes, expatriados etc) e/ou confrontadas a um espaço não-nacional. Pretende-se, assim, refletir não somente sobre as estratégias narrativas e escolhas temáticas empregadas pelos autores para abordar a representação do estado de extra-territorialidade, mas também problematizar os  paradigmas teóricos elaborados acerca destas experiências e artefatos literários. Neste estudo analisaremos, em particular, as relações intersubjetivas presentes nos romances publicados pelo projeto “Amores expressos”, focando os limites  da encenação da experiência da alteridade e das relações ética entre o Eu e o Outro. Em outras palavras, tratar-se-á de compreender o que significa hoje escrever de fora, por fora e sobre um estar fora  num contexto nacional e internacional de acréscimo dos trânsitos migratórios e de reaparecimento de discursos neonacionalistas.

Encontros, descobrimentos e (ex)tradições: a narrativa brasileira contemporânea de viagem (1970-2000)
Vinicius Carneiro (PhD -PUCRS, Brazil/Université Paris-Sorbonne)

O Brasil e as narrativas de viagem possuem uma relação antiga e que se reconfigura com o passar dos séculos. Os primeiros textos publicados sobre o “Novo Mundo” foram escritos por “viajantes” europeus. Muitos românticos brasileiros cantaram o amor à pátria do exterior (sobretudo, da França e de Portugal). Narrativas produzidas por imigrantes ou descendentes de imigrantes, que abundam no bojo do que seria entendido como literatura brasileira, muitas vezes abordam (tematicamente e/ou pela linguagem) trajetórias de deslocamentos intercontinentais. A partir da segunda metade do século XX, contudo, a questão da viagem adquiriu contornos específicos, principalmente do final da década de 1960 em diante, quando se constituem nuances particulares para relatar experiências no exterior. Neste trabalho, objetiva-se verificar algumas questões pertinentes à produção narrativa marcada pelo signo da viagem do fim da década de 1970 e início da de 1980 (tais como Zero, de Ignácio Loyola Brandão, Tanto faz e Abacaxi de Reinaldo Moraes). A seguir, essas questões serão confrontadas pelas transformações identificáveis em romances como os da coleção ‘Amores expressos’, da Companhia das Letras.

Viagens urbanas: o elo entre escrita e caminhada em “Crônica de um vagabundo”, de Samuel Rawet.
Michel Mingote Ferreira de Ázara (PhD -UFMG, Brazil/Université Paris-Sorbonne/ CAPES Scholar)

O intuito da seguinte apresentação é analisar como se configura no conto ‘Crônica de um vagabundo’, de Samuel Rawet, o elo entre escrita e caminhada, o entrelaçamento de visão e movimento, através das andanças do protagonista, um viajante sem ponto de partida e nem ponto de chegada. O sujeito que atravessa e é atravessado pela paisagem urbana percorre o espaço de uma forma mais intensiva, lírica, experiencial, não programada, capta as intensidades, as singularidades da cidade. De igual modo, a escrita de Samuel Rawet, ao tomar o corpo como fundamento, entrevê que é no encontro deste com o mundo que se desvela a paisagem urbana, que se desfaz a clássica oposição sujeito/objeto, e que se suscita a apreensão do espaço sem a supressão do sensível, da sensação.


CONTRIBUTORS/PALESTRANTES

Maria Angélica Amâncio is currently studying for a Ph.D in Comparative Literature - Federal University of Minas Gerais (Brazil) / Université Paris-Diderot - Paris VII (France) / CAPES. Her thesis considers the relation between Literature and Cinema in different authors, such as Marguerite Duras, Alain Robbe-Grillet and Ingmar Bergman.

Sara Brandellero is Lecturer in Brazilian Studies at Leiden University and works in the fields of Brazilian literature and film. Her publications include the monograph On a Knife-Edge: the Poetry of João Cabral de Melo Neto (Oxford University Press, 2011) and the edited volume The Brazilian Road Movie: Journeys of (Self)Discovery (University of Wales Press, 2013).

Vinicius Carneiro possui graduação em Letras Francês-Português pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008) Sul (2008) e mestrado em Teoria Literária pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2011). Doutorando da PUCRS desde 2011, tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, Literatura Francesa Contemporânea e Literatura Brasileira Contemporânea. Participa dos grupos Paisagens Identitárias na Contemporaneidade (PUCRS ) e Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea (UnB). Atualmente trabalha na tradução do romance La disparition, de Georges Perec, objeto de estudo de sua tese. Entre suas publicações estão ‘Uma vi(ra)da no sistema literário dos anos 60 aos 80: Caio Fernando Abreu, mercado editorial e cultura de massa.’ Darandina Revisteletrônica, v. 5, p. 1-17, 2012; e ‘Pedro Geraldo Escosteguy na história da literatura’. In: Maria Eunice Moreira. (Org.). Papéis nada avulsos. 1ed.Porto Alegre: Edipucrs, 2012, v. , p. 209-226.

Camila Gonzatto da Silva é mestre em Teoria da Literatura / Escrita Criativa pela PUCRS e doutoranda em Teoria da Literatura pela mesma Universidade. Estudou Publicidade e Propaganda na UFRGS e cursou o Taller Avanzado de Guión na Escola Internacional de Cinema e TV de Cuba. Entre suas publicações, está a co-organização dos livros Literatura e Psicanálise e A escrita criativa: pensar e escrever literatura, ambos lançados em 2012. Bolsista do DAAD e do CNPq.

M ichel Mingote Ferreira de Azara é doutorando em literatura comparada pela UFMG (bolsista Capes). Linha de pesquisa: literatura e outros sistemas semióticos. Possui graduação em Letras pela Ufmg (2007) e mestrado em teoria da literatura, literatura e outros sistemas semióticos, também pela Ufmg (2010). Atua principalmente nos seguintes temas: Literatura, outras Artes e Mídias e literatura e cinema contemporâneos. Publicações: ‘Imagem e memória em ‘Crônica de um vagabundo’, de Samuel Rawet, e Alice nas cidades, de Wim Wenders’, Literatura e Autoritarismo (UFSM), v. 6, p. 140-150, 2012; ‘Nomadismos: Crônica de um vagabundo de Samuel Rawet, e Alice nas cidades, de Wim Wenders: errantes urbanos’, Em Tese (Belo Horizonte. Online), v. 18, p. 1, 2012; ‘Um acontecimento na vida do pintor-viajante, de César Aira: o procedimento intempestivo’, Cadernos Benjaminianos, v. 3, p. 87-97, 2011.

José Leonardo Tonus é professor de Literatura Brasileira na Université Paris-Sorbonne. Organizou o livro Samuel Rawet : ensaios reunidos. (Civilização Brasileira, 2007) e desenvolve pesquisa sobre a representação das vozes migrantes na Literatura Brasileiros com ensaios sobre Graça Aranha, Milton Hatoum, Nélida Piñon, Per Johns, Luiz Ruffato, entre outros.  

Marcel Vejmelka, associate professor at the Department of Spanish and Portuguese, Faculty for Translations, Linguistics and Cultural Studies, Johannes Gutenberg University Mainz, in Germersheim, Germany. PhD in Latin-American Studies / Brazilian Studies from Freie Universität Berlin (2004); 2007-08 postdoctoral scholarship at the International Graduate Centre for the Study of Culture (GCSC), Justus-Liebig University, Giessen. Areas of interest: Brazilian and Hispano-American Literatures, Literary Translation and Translation Studies.

Georg Wink, natural de Freiburg, Alemanha, fez mestrado em Estudos Latino-Americanos, Sociologia e Economia pela Freie Universität Berlin, com dissertação sobre a Imprensa Alternativa no Brasil,  pós-graduação lato sensu em Língua e Literatura Alemã pela Humboldt Universität Berlin, e doutoramento pela Johannes Gutenberg Universität Mainz, com tese premiada sobre o Brasil como narrativa de uma comunidade imaginada. Foi professor visitante, através do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), e bolsista de pós-doutorado da FAPEMIG, na Faculdade de Letras da UFMG. Atualmente é professor da área de Literaturas e Culturas da América Latina no Instituto de Estudos Latino-Americanos junto à Freie Universität Berlin. Principais publicações, além de uma série de artigos sobre a literatura brasileira e teoria cultural: Novas Vozes – sobre a literatura brasileira do século XXI (co-organizador), Berlin/Frankfurt am Main: Iberoamericana/ Vervuert 2013 (no prelo); A idéia do Brasil, Frankfurt am Main: Peter Lang 2009; A imprensa alternativa no Brasil, Mettingen: Brasilienkunde-Verlag 2003. Colaborou também em várias traduções de poesia alemã para o português.


CHAIRS/PRESIDENTES DE MESA

Prof Dr Maria Lúcia de Barros Camargo é Professora titular de Teoria Literária da Universidade Federal de Santa Catarina. Fez seu doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) na Universidade de São Paulo (1990), com uma tese sobre a poesia de Ana Cristina Cesar. Possui graduação em Pedagogia (1971) e em Letras (1974) pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras Oswaldo Cruz (1974) e mestrado em Lingüística pela Universidade Federal de Santa Catarina (1982). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: periodismo cultural, revistas literárias, anos 70, critica cultural e poesia contemporânea. Criou, em 1996, o Núcleo de Estudos Literários e Culturais- NELIC, na UFSC. De 1996 a 1998, foi vice-presidente da ABRALIC. De março a maio de 2008, foi professora visitante na Universidade de Leiden, Holanda, como catedrática da Cátedra Rui Barbosa de Estudos Brasileiros. De junho de 2008 a maio de 2012 foi Pró-Reitora de Pós-Graduação da UFSC. Em 2012, assume a coordenação do convênio entre a UFSC e a Universidade de Leiden e, a partir de 2013, reassume a coordenação do NELIC. Desde 2010, é membro do Conselho Diretivo do IBE-Instituto Brasil Europa. Suas publicações incluem: Atrás dos olhos pardos: uma leitura da poesia de Ana Cristina Cesar. 1. ed. (Chapecó - SC: Argos, 2003), e os volumes  PÓS-CRÍTICA. 1. ed. (Florianópolis: Letras Contemporâneas, 2007), (com Prof. Raul Antelo) e Poéticas do olhar e outras leituras de poesia, 1. ed. (Rio de Janeiro: 7 Letras, 2006) (com C. Pedrosa).

Dr Vinicius Mariano de Carvalho is Associate Professor in Brazilian Studies at Aarhus University (Denmark). His areas of interest lie in the fields of Brazilian literature and culture, Modernism, Brazilian popular music, literature and politics in Brazil, sugar and modernity in Brazil and avant-garde cinema.  Among his publications are ‘Fora da poesia não há salvação: a religião na poesia de Mario Quintana interpretada à luz da via negativa’ in In vitro, in vivo, in silicio: Essays on the relation between art, science, technology and the holy ed. Leila Amaral; Amir Geiger (São Paulo: Attar editorial, 2007), and ‘Horizonte, Vol. 10, No. 25, 01.2012.

TUNE-IN TUESDAY / TERÇA-FEIRA : MUSICA BRASILEIRA

Tuesday 16 April 2013 - 13:00-15:00hs
Research Seminars
MÚSICA BRASILEIRA EM CONTEXTO/BRAZILIAN MUSIC IN CONTEXT

Lipsius 227

A panel on Brazilian music, looking at two important musical plays. The first will deal with Orfeu da Conceição (1954), by iconic composer/song-writer and Bossa Nova leader Vinicius de Moraes (1913-1980), on which the classic film Black Orpheus (Marcel Camus, 1959) was based. The second talk will consider Calabar: o elogio da traição (1973), by acclaimed writer and composer Chico Buarque (b. 1944) and writer/filmmaker Ruy Guerra (b. 1931). The two papers will consider the significance of music in Brazilian culture, including in Brazil’s recent political history.

Vinicius de Moraes e o Orfeu da Conceição: mitogênese de um inferno idílico
Dr. Vinicius de Carvalho (Universidade de Aarhus, Dinamarca)

O Brasil holandês na música de Chico Buarque
Prof.a Dr.a Maria Lúcia de Barros Camargo (Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil)

Language: Portuguese

Tuesday 16 April: 17:00-19:00hs 
BRAZILIAN MUSIC AND SONG WORKSHOP

LAK Theatre, Lipsius

Conducted by Brazilian musician Marcelo Godoy
Come and join us for an evening of Brazilian song! No knowledge of Portuguese required. Only pre-requisites: interest in Brazilian music and have-a-go spirit. Come and have fun!
Entrance is FREE.
Register to guarantee a place,  by emailing lucas@hum.leidenuniv.nl
By 15 April. See you there!

WATCH-ME WEDNESDAY/ QUARTA-FEIRA : FILM SCREENING

Wednesday 17 April 19:00hs
Lipsius 307

FILM SCREENING: Cinema, Aspirins and Vultures (Marcelo Gomes, 2005)
Introduction by Dr Sara Brandellero (Leiden)

Synopsis: In 1942, the lonely German Johann travels through the arid roads in the country of the Northeast of Brazil in his truck selling aspirins in small villages, using advertisement movies to promote the medicine. He meets the drifter Ranulpho, who intends to go to Rio de Janeiro seeking a better life, and gives a ride to the man. While traveling together, they develop a close friendship, but on 31 August 1942, Brazil declares war to Germany and Johann has to decide if he should return to his home country and fight in the war, or stay in Brazil in a concentration camp; but the option of moving to Amazonas with the migrants of the drought seems to be feasible. (Source: http://www.imdb.com/title/tt0373760)

Portuguese/Eng. Subs.
Places : first come, first served.

THURSDAY/ QUINTA-FEIRA : PUBLIC LECTURE

Thursday 18 April: 17:00 [sharp] till 18:00 hs
Faculty Club, Rapenburg 73, Leiden

PUBLIC LECTURE – RUI BARBOSA CHAIR OF BRAZILIAN STUDIES

Prof. dr. Érico Duarte (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brazil)
Holder of the 2013 Rui Barbosa Chair of Brazilian Studies
Securing the Blue Amazon: Requirements for a Brazilian Maritime Project
for the 21st Century

Events are FREE. All Welcome!

Further information http://www.hum.leiden.edu/lucas
For information on course in Brazilian Studies and Portuguese language, visit http://www.hum.leidenuniv.nl/latijns-amerika

Facebook Estudos Brasileiros Leiden – Brazilian Studies Leiden

Last Modified: 12-04-2013